Sobre viajar sozinho(a)



Meu sonho de infância era viajar sozinha. Ninguém nunca entendeu, e eu cresci ouvindo comentários do tipo "você pode ser sequestrada!", "viajar sozinha pra quê?", "alguém vai te raptar igual aquele filme do Liam Neelson e eu vou ter que mandar ir te buscar", etc.

Aos 15, meu pai me ofereceu uma festa de debutante. Eu não quis (nada contra), e pedi que, o dinheiro que ele por ventura fosse gastar, que me desse então uma câmera semi profissional para aprender fotografia e um pouquinho de dinheiro para viajar quando tivesse idade suficiente.

Aos 19, o dinheiro rendeu, e eu fiz meu tão sonhado intercâmbio para Flórida, Estados Unidos. Obviamente que, apesar de ter um namoradinho na época, eu fui sozinha. Teria ficado mais tempo, se não o tivesse deixado aqui, mas não me arrependo. Foi uma decisão boa pra mim, e me fez feliz naquele período.

Nunca tinha viajado sozinha de avião, e nunca tinha feito uma viagem internacional. Minha virgindade foi tirada de uma vez só, com escala na República Dominicana tanto na ida quanto na volta.

Viajar sozinho não é só uma viagem física: é uma experiência espiritual e emocional que não tem limites. Você aprende mais sobre si mesmo de uma perspectiva angular: afinal, quando você está em sua zona de conforto, tudo é maravilhoso, mesmo que não pareça ser. Mas quando você precisa de um apoio, um ombro amigo, alguém pra falar "me empresta 5 conto", ou "deixa eu experimentar seu lanche" e está sozinho, você vê a vida da maneira nua e crua: você nasceu sozinho (mesmo que tenha um irmão gêmeo - olha a piada infâme), e vai morrer sozinho. Então porque não se descobrir, não se conhecer perfeitamente antes de querer se tornar parte de um "novo" alguém?

Em dezembro, eu viajo de novo. Dessa vez, tive que abrir mão de coisas das quais eu não queria, e tive que enxergar coisas que eu fingi não ver por muito tempo para poder tomar essa decisão. Mas, estou pronta para as novas aventuras, mais do que nunca. Afinal, viajar sozinho é ter a chance de amadurecer aspectos da sua vida que você sequer imagina.

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário e o mais breve possível ele será respondido! ♥

Tecnologia do Blogger.