Papel Viçoso: Conheça mais!



Oi pessoal! Hoje, eu vim apresentar para vocês a Papel Viçoso: Uma lojinha mega fofa e criativa, que pertence à Claudia Viçoso com muito orgulho! Pra entender de onde vem essa inspiração, a Claudinha nos explicou como funciona, como foi a criação da loja, e conta um pouquinho sobre como é esse mundo das vendas online. Preparados? ♥  


"Me chamo Claudia Viçoso, sou designer gráfico e moro no Rio de Janeiro. Trabalho com encadernação manual. Compro meu material, produzo, crio, fotografo, vendo. Cuido de um blog e de uma loja virtual. Dou aulas de maneira independente e numa empresa.Tudo sozinha mas nunca sem ajuda.

Sou apaixonada por papel, design gráfico, tipografia, logotipia e encadernação.
A encadernação entrou na minha vida por necessidade de apresentar um catálogo que diagramei na época da faculdade. A partir desse dia tive muita vontade de encadernar projetos únicos e de pequena tiragem. É muito prazeroso poder pensar e improvisar maneiras de apresentar um conteúdo. Passei 9 anos trabalhando em agências de publicidade como diretora de arte até resolver agarrar a encadernação como profissão. Desde 2004 encaderno álbuns e livros para amigos e família. Mas foi em 2012 que a Papel Viçoso virou realidade.


Sketchbook Abraço
A loja leva meu nome de batismo, Viçoso. Sim. É mesmo uma sorte ter nascido com esse sobrenome que é também um adjetivo. O Viçoso veio da minha mãe. Causou um pouquinho de cíume no meu pai que me deu o Silva. Pois é. Tentei explicar pra ele que fica difícil competir.

Em setembro de 2012 comecei a vender meus produtos em feiras de empreendedores independentes e online na papelvicoso.com 


Minha idéia com a loja é apresentar produtos únicos. Coleções feitas manualmente com temas que me agradem. De início os produtos tinham capas forradas de tecidos e papéis garimpados em loja e viagens. Aos poucos os produtos estão ganhando capas com estampas próprias da Papel Viçoso. Capas com impressões em papel e tecidos serigrafados. As coleções tem tiragem baixa o que as torna mais especiais e viáveis. Além disso ter variedade também é uma preocupação.

Os produtos com temas e frases são os mais procurados pelos clientes. Em especial a coleção que foi feita em parceria com a escritora Marla de Queiroz foi muito curtida.


Ter um pequeno negócio faz com que seu orçamento pessoal fique uma loucura. Vários hábitos tem de ser mudados para sustentar esse novo filhotinho. Ao mesmo tempo algumas coisas das quais não participamos quando empregados são valorizadas. Como sinto falta de um profissional da área financeira. O tempo é corrido como sempre mas as pequenas recompensas são fortunas. E a gente percebe que para o bem e para o mal só dá para contar com nós mesmos. A alegria de alguns clientes e a participação de colaboradores valem a batalha. Aquela sensação de segurança que temos quando estamos numa empresa é totalmente ilusória. Assim como a ilusão de que estamos ao vento quando trabalhamos sozinhos.

Sketchbook Coruja
Minha dica para quem vende online é a seguinte. Ser objetivo é mais importante. Claro, além de ter um produto que seja novidade e tenha qualidade. Se apresentar de forma clara. O seu cliente é o que se identifica com o seu produto. E não o oposto. Quando se tenta fazer o caminho oposto (um produto para agradar o cliente) a coisa acaba desandando. Isso vale para a venda de uma maneira geral."






Conheça mais do trabalho da Claudia visitando a loja, PapelViçoso.com

E você, o que achou desse talento todo? Muito amor, né? ♥






Tecnologia do Blogger.