Resenha: A Última Música, do Nicholas Sparks


Aos dezessete anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virada de cabeça para baixo, quando seus pais se divorciaram e seu pai decide ir morar na praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que seria melhor para os filhos passarem as férias de verão com ele na Carolina do Norte. O pai de Ronnie, ex-pianista, vive uma vida tranquila na cidade costeira, absorto na criação de uma obra de arte que será a peça central da igreja local. Ressentida e revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de aproximação dele e ameaça voltar para Nova York antes do verão acabar. É quando Ronnie conhece Will, e sua vida muda de cabeça para baixo.

Editora: Novo Conceito
Ano: 2010
Páginas: 400
Autor: Nicholas Sparks

Resenha: 
Chorei com o filme, depois chorei com o livro. Com certeza mais do que absoluta, é um dos meus favoritos. Veronica Miller -Ronnie-, no começo, é toda rebelde por fora. Finge ser alguém sem coração, gosta arranjar encrencas, e tudo mais... Mas ao passar das páginas, você percebe o quão doce ela é, sincera e destemida. Ela é uma das minhas personagens favoritas. Ao se mudar para a casa do seu pai nas férias de verão, ela -que antes não aceitava o divórcio dos pais-, começa a ceder, de uma forma tão única e simples, que logo podemos ver sua verdadeira personalidade. No livro, ela amadurece, muda de opinião e, de alguma forma, se torna ela mesma - coisa que ela não era a muito tempo.

O livro de Nicholas Sparks, autor de vários best sellers, foi tão bem narrado, a ponto de você se sentir a própria Ronnie as vezes. Você consegue claramente entender o ponto de vista do leitor, e o ponto de vista do personagem, sentindo na pele o que é narrado. O livro não é focado no romance de Will e Ronnie, mas sim na vida de todos os personagens.

Sobre a edição, só tenho elogios. A capa é lindíssima, com pontos de brilho e fosco, as folhas são cheirosas e amareladas, o espaçamento é ótimo, e até as orelhas dos livros são muito bem feitas. Meus parabéns a editora!

Para quem ainda não assistiu, ou não leu o livro, aconselho muito (!!!!!!!!!) a comprar. Você vai se apaixonar, sofrer junto, morrer de rir, ter o coração partido, e ainda se sentir alegre. Tudo em questão de poucas páginas! Recomendo!





Nenhum comentário:

Deixe seu comentário e o mais breve possível ele será respondido! ♥

Tecnologia do Blogger.